Georges Stobbaerts pratica e aprofunda várias tradições espirituais, tanto orientais como ocidentais, desde há muitos anos. Insere-se numa Via de meditação de filiação japonesa e indiana.
Desde jovem, a sua prática – de Judo, Kendo, laido e Aikido – orientou-se sempre para a unificação do Ser. O encontro com o teatro, através da formação de actores, criou uma ponte entre o Oriente e o Ocidente.
Essa constante articulação de ensinamentos de natureza espiritual, como o Zen e o Yoga, assim como o Sufismo e sem esquecer a mística cristã, abriu-lhe uma porta para a arte e para o movimento que permite o desabrochar do espírito, através do corpo.

Após vários anos de reflexão, nasceu o Tenchi Tessen.

«Lembro-vos que o Tenchi Tessen se distingue, se opõe mesmo, a todas as técnicas agressivas a que infelizmente hoje assistimos em certos desportos que se intitulam marciais. Mesmo que o Tenchi Tessen tenha a sua origem em diferentes Budo, como o tem em outras “Artes do Movimento” como o Yoga.

É sobretudo uma via de harmonização. Se quisermos procurar as fontes do Tenchi Tessen, isso obrigar-nos-á a recuar até à noite dos tempos e muito particularmente ao alvorecer da Via no Oriente.

Recordo-me sempre das palavras dos meus Mestres que diziam: Deves sempre ser capaz de encontrar algo de novo ao repetir os antigos.»

A criação de Georges Stobbaerts utiliza uma linguagem actual, integradora de conceitos do pensamento ocidental, sem a dissociar de três aspectos fundamentais: reflexão, meditação e acção.

%d bloggers like this: